Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Thompson, do Warriors, é primeiro jogador a fazer 60 pontos em menos de 30 minutos

Klay Thompson lembra-se da noite em que Kobe Bryant marcou 81 pontos contra o Toronto Raptors no dia 22 de Janeiro de 2006. Thompson, então um adolescente que vivia em Los Angeles e ele mesmo filho de um jogador da NBA, ganhou ingressos para o jogo – e preferiu não ir. Quase 11 anos depois, Thompson fez a sua melhor imitação de uma actuação que nunca testemunhou, marcando 23 dos 60 pontos que fez no segundo quarto da partida da noite de segunda-feira – o recorde da sua carreira – e levando o Golden State Warriors a uma vitória de 142 a 106 em casa sobre o Indiana Pacers.

“Eu nunca teria imaginado que era capaz disso”, afirmou Thompson a respeito do feito de Kobe. “Não sei (se o teria alcançado na segunda-feira). Deveríamos dominar mais o jogo na próxima vez”.

Thompson marcou os seus 60 pontos em meros 29 minutos, o que o tornou ainda melhor do que Kobe neste aspecto e o transformou no primeiro jogador da história da NBA a marcar ao menos 60 pontos sem chegar a jogar 30 minutos.

Thompson, cujo recorde anterior de 52 pontos aconteceu no mesmo jogo contra o Kings em 23 de janeiro de 2015, acertou 21 dos seus 33 arremessos e 8 de 14 bolas de três pontos.

A proeza dos 60 pontos foi a primeira da actual temporada da NBA e a primeira desde que Kobe buscou a marca no encerramento da sua carreira, em Abril.

“Com certeza lembrou-se daquilo”, disse Thompson ao comparar a pontuação de segunda-feira com os 52 pontos anteriores. “É uma zona para se valorizar quando você está nela. É algo que você não desdenha, porque nunca sabe quando irá acontecer de novo”.

O último jogador da NBA a marcar mais de 60 pontos em um jogo foi LeBron James, que fez 61 contra o Charlotte em 3 de Março de 2014.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!