Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xïkwembo: Teste para paquerador comprometido

Continuação do teste para todos os homens comprometidos mas que pedem o meu contacto, e as razões porque não o vão ter.

1. Quanto às técnicas que usas com casa 2.

És do tipo que gosta que fique em stand by “já te ligo”? (mesmo que o “já” sejam cinco horas);

És do que usa da surpresa “estou à porta, abre”;

O do GPS “estás vestida de preto com dois homens na esplanada tal”;

O que tem informadores “tenho um processo na minha mesa que diz que foste vista no sítio tal”;

O que faz bluff “eu sei o que aconteceu ontem, sei a que horas vieste para casa, sei com quem estiveste, gostava só agora que me comprovasses o que me disseram”;

O político (que só fala) “eu tenho planos para nós, prometo, na próxima semana vou convidarte, vamos passar final de semana a Inhaca, feriado em Cape Town, férias no Bilene”.

2. Técnicas com casa 1: enquanto pode claro que mente, esconde, engana. É descoberto e há vários estilos:

Cumplicidade sem limites – ele cria situação tal que tu cobres o jogo dele, o que nem sequer sabias que existia;

Máxima confiança – deixa que falem uma com a outra ao telefone;

Máxima sacanagem – convida a 2 para ir a casa da 1;

Risco sem limite – apresenta 1 a 2 sem identificar papéis;

Elas conheciam-se e eram quase amigas – depois de descobrirem ele diz que não falou por altruísmo, para não estragar a amizade delas.

3. Qual é manutenção da “relação”?

És do tipo que liga todos os dias, manda bip de bom dia e sms de boa noite, preocupa com doença, percebe stress no serviço, lembra aniversário, sabe de dia dos namorados, conhece natal e não ignora final do ano?

Ou do tipo que só porque bebe, viaja, tem problema em casa ou tá busy no djob pode ficar sem comunicar 15 dias? (!)

Aviso eu que se não gosto muito da hipocrisia da primeira hipótese me passo com a falta de respeito da segunda.

4. Presentes, surpresas, festas e djob. Ocasiões oficiais e festivas. Amigos e família. Fotografias, piadas e posts no facebook. Se tudo isto te dá arrepio, esquece. Eu sou e gosto de ser social, com quem estou, que queira estar comigo. Assumido.

Ok, agora escolhe umas das três opções que se seguem, na verdade não importa bem como se contabiliza o resultado ou qual a pontuação, basta que te identifiques com uma das seguintes opções e o resultado é conforme indicado:

Se respondes alguma vez NUNCA – mentiroso pah! Deixa-te disso que nem fica bem! Meu contacto? No way!

Se respondes alguma vez PODE ACONTECER – chumbo certo. Desiste, não vais ter meu contacto, e se num momento, de flirt de egos, to dei, peçote – não o uses.

Se respondes YSH, É VERDADE ESSA CENA, COMO É QUE A LOIRA ADIVINHOU? – gosto do teu estilo – és um tipo honesto, podia até dar-te o meu contacto… pena seres casado 😉

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!