Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Terremoto perto da usina nuclear no Irão deixa 37 mortos

Um forte terremoto atingiu, esta Terça-feira (9), uma região próxima à única usina nuclear do Irão matando 37 pessoas e ferindo pelo menos outras 850, além de destruir casas e devastar duas pequenas vilas, afirmou a mídia estatal.

O terremoto de magnitude 6,3 destruiu totalmente uma vila, disse um funcionário do Crescente Vermelho à Agência de Notícias Estudantil Iraniana (Isna), mas a usina nuclear próxima à cidade portuária de Bushehr não foi danificada, de acordo com um político local e a empresa russa que a construiu.

“Devido à intensidade deste terremoto, essa tragédia foi pior e testemunhamos a destruição de muitas casas na região, a morte de 37 pessoas e mais de 850 feridos”, disse o governador da província de Bushehr, Fereydoun Hassanvand, à agência de notícias Mehr.

Muitas casas nas áreas rurais da província são feitas de tijolos de barro, que facilmente podem ruir num terremoto. Cerca de 700 casas foram destruídas, acrescentou Hassanvand. Do outro lado do Golfo, escritórios em Catar e Barein foram esvaziados depois do terremoto, cujo epicentro foi 89 quilómetros a sudeste do porto de Bushehr, de acordo com o Serviço Geológico dos EUA.

O tremor no início da tarde também foi sentido no centro financeiro de Dubai. A companhia russa que construiu a usina nuclear, a 18 km ao sul de Bushehr, disse que o terremoto foi sentido lá, mas que as operações na planta não foram afectadas.

“O terremoto de forma alguma afectou a situação normal do reactor. Os funcionários continuam a trabalhar em regime normal e os níveis de radiação estão totalmente dentro da norma”, disse a agência de notícias estatal russa RIA, citando um funcionário da Atomstroyexport.

O Irão disse à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) que “não houve danos à Usina Nuclear de Bushehr nem libertação radioactiva da instalação”, informou a agência da ONU. Uma moradora de Bushehr disse que a sua casa e as casas dos seus vizinhos foram abaladas pelo terremoto, mas não danificadas.

“Pudemos sentir claramente o terremoto”, disse Nikoo, que pediu para ser identificada apenas pelo primeiro nome, à Reuters por telefone. “Todas as janelas e lustres tremeram”. A TV estatal não deu detalhes sobre as três vítimas. Milhares de pessoas vivem nas duas aldeias próximas à usina nuclear.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!