Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Supremo Tribunal líbio suspende pena de prisão contra cinco colaboradores de Muamar Kadafi

O Supremo Tribunal na Líbia suspendeu a execução do julgamento dos colaboradores do antigo regime de Muamar Kadafi enquanto se aguarda pela decisão do recurso interposto neste caso, afirmou quarta-feira o responsável da Secção do Escritório de Investigação do procurador-geral, Seddick Al-Sour.

Numa declaração publicada, quarta-feira última, Al-Sour indicou que os acusados do caso 630/2012 interpuseram recurso contra o veredicto junto do Supremo Tribunal.

Acrescentou que alguns pediram a suspensão deste processo judicial até ao exame do recurso mas que a jurisdição aceitou apenas cinco pedidos, apresentados por Abdel Hafiz Zlitni, condenado a 10 anos de prisão, por Mohamed Sherif condenado a 12 anos, por Mohamed Zuei condenado a 10 anos, por Hosni Louhihi, condenado à prisão perpétua, e por Abdelmajed Al-Mazoughi condenado a cinco anos.

O responsável afirmou que a instituição penitenciária e de reabilitação de Al-Hadha aplicará o julgamento logo depois de os responsáveis prisionais informados sobre a decisão final, o que, a seu ver, implicará a sua libertação.

Os acusados fazem face a várias acusações, nomeadamente um genocídio durante a revolução de 17 de fevereiro de 2011 que, seis meses mais tarde, derrubava o então regime de Muamar Kadafi, após 42 anos de poder ditatorial. Também devem responder pela formação de batalhões armados para reprimirem civis durante esta revolução popular. .

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!