Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sul-africana vence Prêmio Jornalista Africano do Ano CNN MultiChoice 2010

A jornalista sul-africana da cadeia televisiva ETV, Sam Rogers, foi a vencedora da décima quinta edição do prêmio “Jornalista Africano do Ano CNN MultiChoice” que este ano teve como palco a cidade de Kampala (Uganda). A jornalista concorreu com uma reportagem que retrata com objetividade e clareza a discriminação de que são alvo os albinos na Tanzânia.

Sam Rogers apresenta na reportagem uma história comovente onde os albinos são mortos para supostamente os seus órgãos serem convertidos em medicamentos para a cura de várias doenças. É a segunda vez que a jornalista ganha um prêmio do gênero. A primeira vez ocorreu em 2001.

O angolano Sebastião Vemba venceu na categoria de notícias gerais de língua portuguesa com uma série de reportagens “Adeus Ilha”, um total de três peças sobre os desalojados do Bairro Benfica na Ilha de Luanda para o Zango, publicadas pelo semanário “Novo Jornal”.

O Prêmio Jornalista Africano do Ano CNN foi fundado em 1995 por Edward Boateng (ex-diretor Regional Africano da Turner Broadcasting System Inc., empresa-mãe da CNN) e o falecido Mohamed Amin, com objetivo de reconhecer e incentivar a excelência no jornalismo por toda a África.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!