Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Standard Bank em destaque na cimeira empresarial África-Estados Unidos

África na iminência do “boom” do Gás Natural Liquifeito (LNG) e a promoção da industrialização no sector de bens de consumo, constituem os temas sobre os quais o Standard Bank se vai debruçar, durante a cimeira empresarial África-Estados Unidos, a realizar-se, de 18 a 21 de Junho, em Maputo, sob o lema “Reforçar uma parceria resiliente e sustentável”.

O primeiro painel será debatido por Paul Eardley-Taylor, director de Petróleo e Gás para a África Subsaariana do Standard Bank, enquanto o segundo vai contar com a participação do administrador delegado do Standard Bank, Chuma Nwokocha.

O director de Petróleo e Gás para a África Subsaariana do Standard Bank discutirá o projecto de Gás Natural Liquefeito de classe mundial que está a ser desenvolvido no continente africano, assim como as tecnologias que estão a ser implantadas para levar o gás ao mercado mais rapidamente e os benefícios para os países africanos.

Trata-se de um empreendimento que oferece uma oportunidade real para os países se transformarem em nações mais ricas e grandes exportadores globais de LNG. Já o segundo painel vai destacar as estratégias das empresas para aproveitar o potencial do sector, recapturar e superar o “boom” dos últimos anos, oferecer produtos que atendam às demandas locais, aumentar a industrialização e destacar como lidam com factores que impedem o crescimento, uma vez que a população do continente duplicará aproximadamente de 1,1 bilião de pessoas para 2 biliões até 2030.

A população jovem e em idade activa do continente está a impulsionar esse crescimento, com uma média de 2,7% a cada ano, mais que o dobro da América Latina e Sudeste Asiático. Organizado pelo Conselho Empresarial para África (CCA), o evento vai reflectir sobre as estratégias, visão e iniciativas para impulsionar o aumento do volume de negócios e investimentos.

Trata-se de uma plataforma para discussões entre empresas e peritos norte-americanos e africanos em boas práticas nos domínios de agronegócio, saúde, energia, infraestruturas, tecnologias de informação e da comunicação e de finanças.

Para além do Presidente da República, Filipe Nyusi, a cimeira contará com a participação de mais de mil delegados, entre chefes de Estado (do Quénia, Malawi, Zâmbia, Suazilândia, Ruanda, Namíbia e Botswana), líderes empresariais, investidores internacionais, responsáveis governamentais e parceiros multilaterais. Importa salientar que a realização desta cimeira, no País, constitui uma oportunidade ímpar para a promoção da imagem de Moçambique como destino seguro e preferencial de investimento, bem como a promoção de parcerias público-privadas e o empresariado nacional, em particular as pequenas e médias empresas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!