Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sobe para 17 pessoas número de mortos por chuvas no norte do Chile

O número de mortos pela tempestade de chuvas que atingiu o norte do Chile na semana passada aumentou para 17, enquanto outras 20 pessoas continuam desaparecidas, informaram fontes do governo, que não descartaram encontrar mais corpos nos próximos dias.

O novo balanço de vítimas, divulgado esta segunda-feira pelo subsecretário de Interior, Mahmoud Aleuy, inclui três novas vítimas da catástrofe que afeta as regiões de Coquimbo, Atacama e Antofagasta. Além disso, o diretor do Escritório Nacional de Emergência (Onemi), Ricardo Toro, afirmou que há “altas possibilidades” de encontrar mais corpos de baixo do barro.

“Quando há 17 inundações simultâneas e sem acesso por via terrestre para analisar tudo, o que acontecerá é que dia a dia existe a possibilidade de haver mais desaparecidos e falecidos”, explicou.

A catástrofe deixou um total de 26.406 desabrigados, dos quais 4.134 permanecem refugiados nos 30 albergues disponibilizados pelo governo. Além disso, 22.204 casas sofreram leves danos e 5.904 tiveram prejuízos maiores como consequência das fortes chuvas que castigaram o árido norte do país na terça-feira, gerando grandes correntes em rios que estavam secos há mais de 20 anos.

Para Toro, o fornecimento de água potável é um dos problemas mais complexos enfrentados por Atacama e Antofagasta, onde o número de residências sem acesso à água potável chega a 7.112.

Segundo os dados proporcionados pela Onemi, 6.712 residências de Atacama carecem de fornecimento de energia elétrica, o que corresponde a 72% dos clientes de toda a região. O governo chileno e os órgãos de emergência farão uma campanha de vacinação antitetânica para os trabalhadores encarregados da remoção de escombros, enquanto a vacina da hepatite será oferecida à população menor de 15 anos.

Segundo a Onemi, os menores de seis meses de idade que estiverem nos albergues serão vacinados contra a gripe. Até ao momento, 629 toneladas de mantimentos foram entregues aos desabrigados devido a uma das maiores catástrofes naturais dos últimos anos no país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!