Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sobe para 108 o número de mortos por terremoto em Taiwan

O Serviço Nacional de Emergência de Taiwan elevou neste sábado para 109 a contagem oficial de mortos pelo terremoto de magnitude 6,4 na escala Richter que sacudiu no sábado passado o sul da ilha, enquanto o número de desaparecidos caiu para nove.

Os novos corpos foram encontrados entre os escombros de um edifício que desabou, chamado Weiguan Jinlong (Dragão Dourado), na cidade de Tainan, a mais atingida pelo terremoto, onde foram encontrados 107 dos 109 mortos e onde as equipas de resgate continuaram durante toda a noite de sexta-feira com os trabalhos de remoção dos escombros.

O presidente da Câmara Municipal de Tainan, William Lai, agradeceu na sexta-feira na sua página do Facebook as condolências enviadas à cidade pelo papa Francisco por causa do terremoto que derrubou pelo menos dez edifícios na cidade, quando o país se preparava para celebrar o Ano Novo Lunar.

A investigação sobre possíveis falhas de construção no edifício acidentado seguem em curso. A procuradoria de Tainan prendeu na quarta-feira três executivos da empreiteira responsável pela construção do Dragão Dourado, que foram acusados de homicídio por negligência profissional, e congelou os seus bens e activos.

No domingo passado, foram achadas latas vazias e espuma de poliestireno nos pilares do edifício, o que levantou as suspeitas de possíveis falhas na sua construção. Posteriormente, os investigadores da promotoria também descobriram que foram eliminados, possivelmente depois da construção, alguns pilares nos primeiros andares do edifício para ampliar o espaço livre.

O terremoto teve o seu epicentro no vilarejo de Meinung, no sul de Taiwan e a 16,7 quilómetros de profundidade, e sacudiu o sul da ilha durante a madrugada do último dia 6, segundo dados do Serviço Meteorológico Central do arquipélago.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!