Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sobe para 104 o número de mortos pelas inundações no Camboja

As autoridades do Camboja elevaram para 104 o número de mortos nas enchentes que atingem várias regiões do país e que obrigaram a evacuação de 60 mil pessoas, informou nesta quinta-feira (data local) a imprensa local.

Perto de 1,5 milhões de pessoas de 17 das 24 províncias do país foram afetadas pelas inundações causadas pelas intensas chuvas do período das monções e o transbordamento do rio Mekong.

A província de Kompong Cham, no leste do país, é a mais atingida, com 26 mortos, disse o vice-presidente do departamento de prevenção de desastres, Nhim Vanda, ao jornal “Phnom Penh Post”. Na província de Banteay Manchey, as autoridades enviaram 19 médicos do Exército para atender cerca de 500 famílias que tiveram que ser evacuadas da cidade de Poipet.

Organizações humanitárias alertaram sobre o saneamento insuficiente e a falta de água nas regiões que foram evacuadas, o que eleva o risco de epidemias e contaminação alimentícia.

Na Tailândia, onde o número de mortos está em 36, as autoridades alertaram sobre o aumento do nível das águas nos próximos dias nas províncias de Prachin Buri e Sa Keo, no leste do país.

O vice-primeiro-ministro, Plodprasop Suraswadi, disse ao jornal “Bangcoc Post” que o volume de água que flui das regiões mais altas deve chegar amanhã nas zonas urbanas dessas províncias, onde se prevê uma elevação de dois metros no nível dos rios.

No Laos, as piores inundações dos últimos 35 anos deixaram 20 mortos. Além disso, 350 mil pessoas foram afetadas e sofrem com a escassez de recursos de primeira necessidade como alimentos, água e remédios.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!