Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Síria inicia quinto dia do cessar-fogo com alguns ataques isolados

A Síria iniciou nesta quarta-feira o quinto dia do cessar-fogo com alguns ataques isolados em distintas partes do país, onde o nível de violência se reduziu desde o começo da cessação das hostilidades.

Aviões de guerra, de origem desconhecida, bombardearam uma zona agrícola na cidade de Al Tamanea, na província setentrional de Idlib, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Além disso, dois projéteis disparados pelas forças do regime caíram nos arredores da cidade de Al Skaik, enquanto a artilharia das autoridades também teve como alvo a cidade de Yisr al Shogur, na mesma província. Além disso, ao amanhecer explodiram combates entre os soldados leais ao Governo de Damasco e a Frente al Nusra -filial síria da Al Qaeda- e outros grupos armados em Kabana, na região de Jabal Turkman, situada no norte da província litorânea de Latakia.

No sul do país, as forças do regime lançaram foguetes e abriram fogo com armas automáticas em Yaduda, na região de Deraa.

Por outro lado, aviões de guerra, de procedência desconhecida, tiveram como alvo a população de Al Bab, um das fortificações do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na província setentrional de Aleppo.

Tanto a Frente al Nusra como o EI estão excluídos do acordo de cessar-fogo alcançado pelos EUA e a Rússia e aceite pelo Governo sírio e pela Comissão Suprema de Negociações (CSN), a principal aliança opositora.

A ONU confirmou na trça-feira que a cessação de hostilidades estava a ser respeitada no geral, apesar de alguns incidentes isolados. “Como em qualquer cessação de hostilidades, está claro que a violência não vai acabar de repente. Somos conscientes que podem ocorrer incidentes isolados, mas em geral a cessação de hostilidades manteve-se”, disse o porta-voz da organização, Farhan Haq.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!