Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sinistros rodoviários mataram novamente 33 pessoas em uma semana no país

Trinta e três pessoas – o mesmo número de óbitos registado na semana passada – perderam a vida e 64 contraíram ferimentos graves e ligeiros, em consequência de 45 acidentes de viação ocorridos entre 13 e 20 de Outubro corrente em diferentes estradas do território moçambicano. Em igual período do ano passado pereceram 32 cidadãos.

As causas dos recentes sinistros foram o excesso de velocidade, as ultrapassagens irregulares, a condução sob o efeito de álcool, as deficiências mecânicas e as manobras perigosas, segundo Orlando Mudumane, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM).

Ele lamentou a ocorrência de 23 atropelamentos, 11 despistes e capotamento, quatro choques entre carros, dois embates entre viatura e moto e uma queda de passageiro.

A Polícia de Trânsito (PT) fiscalizou 22.416 viaturas, das quais apreendeu 38 por diversas irregularidades, emitiu 3.515 avisos de multa contra automobilistas surpreendidos a violar diversas regras do Código da Estrada.

Na mesma operação, a PT apreendeu 37 cartas de condução porque os seus titulares se fizeram ao volante embriagados, deteve 15 cidadãos por condução ilegal e cinco por abandono de sinistrado.

“Apesar do trabalho de sensibilização que temos feito ainda registamos casos em que certos indivíduos continuam a conduzir em estado ébrio e na sua maioria envolvem-se em acidentes de viação que culminam em luto”, lamentou Mudumane.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!