Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sida poderá matar 98 mil só este ano

O número de óbitos devido ao Sida em Moçambique poderá atingir este ano 286.4 mil no horizonte de apenas três anos, ou seja de Janeiro de 2008 até finais de Dezembro próximo. Só este ano as estimativas indicam que o número de óbitos devido a pandemia vá atingir 98.0 mil, mais dois mil que o ano passado em que foram registados 96.3 mil casos, contra 92.1 mil em 2008.

Quanto a sexo e faixa etária, as estimativas oficiais indicam que as mulheres com a partir de 15 anos de idade representam a maioria do universo que poderá perder a vida este ano devido ao Sida, 44.1 mil; seguidas de homens com mais de 15 anos de idade (34.5 mil) e por último crianças de 1 à 14 anos (19.4 mi). Refira-se que essa tendência vêem se registando pelo menos desde 2008, em que as mulheres tem representado a percentagem maior de vitimas do hiv sida em Moçambique.

Este ano, estima-se que diariamente pelo menos 360 mulheres grávidas contraem o hiv sida pela via sexual, as quais por sua vez transmitem diáriamente por via vertical a pelo menos 85 crianças. Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE) referem que a taxa de prevalência do hiv sida no seio da população geral, em Moçambique este ano poderá manter-se nos 14 por cento, igual a 2009 e 2008; e em relação a mulheres grávidas de 15 à 49 anos de idade também a percentagem irá se manter em 16 por cento, a mesma verificada nos últimos dois anos.

Estima-se que ate o final deste ano em Moçambique cerca de 4.9 milhões de habitantes estarão a viver com o hiv sida, dos quais 1.7 esperam contrair a doença ainda no decurso do presente ano, um agravamento na ordem de cerca de cem mil casos quando comparado com a taxa dos últimos dois anos que se manteve em 1.6 milhão de habitantes. Esse cenário devera aumentar o nível de resposta por parte das autoridades de Saúde, tendo em conta que até o final deste ano o número de pacientes que vão precisar do tratamento anti-retroviral (TARV) poderá atingir perto de 1.5 milhão, dos quais mais de meio milhão esperam iniciar o tratamento neste ano de 2010.

O numero de órfãos devido a doença poderá atingir ate finais de Dezembro deste ano 1.5 milhão, dos quais 557.5 mil só este ano. Dados em nosso poder indicam que a maioria de órfãos serão maternos, seguidos de paternos e de ambos pais. Importa salientar que os dados aqui expostos referem-se apenas ao triénio 2008/ 2010. Paralelamente, salientar que a Província de Sofala, cuja capital provincial e a Cidade da Beira, e a que apresenta uma das mais elevadas taxas de prevalência do hiv sida, 23.0 por cento, tendo reduzido 3.5 por cento de 2005 à 2009.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!