Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Shell recusa-se a aumentar a proposta pela Cove Energy e a entrar no leilão

A holandesa Royal Dutch Shell decidiu manter o preço de compra da Cove Energy em 220 pence por acção ou 1,7 mil milhões de dólares e recusa-se a entrar no leilão agendado para esta Terça-feira (17), caso a sua proposta e a da PTT não avancem.

A informação foi avançada, Segunda-feira (16), em comunicado, pela Cove Energy, depois de um regulador do Reino Unido ter imposto que a Shell e a PTT apresentassem propostas finais até às 17h00 de Segunda-feira (16).

O regulador inglês, composto por um painel de peritos, estabeleceu ainda que se as duas propostas forem chumbadas pelos accionistas da Cove Energy, as participações entrariam em leilão em Londres.

A tailandesa PTT, que entrou na batalha pelas participações da Cove com uma proposta de 1.9 mil milhões USD, não emitiu até aqui nenhuma informação sobre o negócio.

Passada Sexta-feira (14), os dois grupos tinham obtido a aprovação de 3,27 por cento dos accionistas no caso da Royal Dutch Shell e de 0,25 por cento no caso do grupo tailandês.

Caberá, esta Terça-feira, aos accionistas decidirem se ficam com a proposta da Shell ou se a ignoram e definem o preço no leilão.

A Cove Energy foi colocada à venda em Dezembro de 2011. De lá a esta parte, a Shell e a PTT travaram uma disputa para a compra da companhia, que controla 8,5%, num campo petrolífero na bacia do Rovuma, em Cabo delgado.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!