Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Serviços financeiros cobrem 51 distritos

O sistema financeiro nacional assente no número de balcões e diversificação dos produtos disponibilizados aos utentes esta a registar uma evolução positiva. Ate Marco do corrente ano, foram autorizados a operar 410 balcões, dos quais 346 estão instalados em 51 distritos, o correspondente a uma cobertura nacional de 39,8 por cento.

Dados sobre Preços e Conjuntura Financeira, do Banco de Moçambique, revelam que desde o inicio do ano foram autorizadas a operar a nível nacional um total de nove agencias bancárias, sendo duas na cidade de Maputo, capital do pais, outras duas em Gaza, e uma em cada uma das províncias de Tete, Inhambane, Maputo, Nampula e Cabo Delgado. Esta operação, segundo os mesmos dados, foi complementada pela autorização para entrada em actividades de sete operadores de micro-credito, dos quais seis estão a operar na cidade de Maputo e uma na cidade de Xai-Xai, a capital da província de Gaza.

“Excluindo as capitais provinciais e considerando os 128 distritos do pais, o numero de balcões autorizados a operar nos distritos ate Marco é de 93 para um total de 53 distritos, sendo que 65 já estão a operar efectivamente em 51 distritos”, diz o Banco Central na sua informação, a que a AIM teve acesso. Os meios alternativos de pagamentos que no geral são constituídos por compensação electrónica composta por cheques e ordens de transferência e banca electrónica, composta por ATM’s e POS, também conheceram uma evolução. Tanto as ATM’s como os POS ramificaramse em cartões de débito e crédito. Assim, o número de ATM’s instaladas e em funcionamento aumentou para 631 unidades, o correspondente a um crescimento de 20.4 por cento em relação a igual período de 2009.

Na mesma altura, o número de POS registou o incremento para um total de 4.941 unidades contra 4.050 de igual período do ano passado. O volume de cartões electrónicos emitidos aumentou em 47.8 por cento relativamente a igual período de 2009, dos quais 94.6 por cento são de débito e os restantes de crédito.

Em termos trimestrais, o crescimento foi de 29.6 por cento. Durante o período em apreço, registou-se um incremento do número de cartões de crédito VISA emitidos para um total de 156.780 unidades, o equivalente a 12.4 por cento, contra as 1.417.433 unidades emitidas em igual período do ano transacto. Assim, sendo, o Banco Central continua a apostar no alargamento da rede de cobertura e diversificação dos serviços financeiros de forma a cobrir todo o território nacional, com especial destaque para os 128 distritos que compõem o pais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!