Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sérvia 0 – Gana 1, a primeira vitória africana na Àfrica do Sul

Sérvia 0 – Gana 1

Num Grupo com a sempre favorita Alemanha, Gana e Sérvia entraram no relvado do estádio Loftus Versfeld, em Pretória, com a clara noção que era preciso não cometer erros, e principalmente não perder, para manter as esperanças no apuramento à próxima fase do Mundial da África do Sul.

Foi um jogo muito animado mas com poucas oportunidades de golo até a Sérvia ficar reduzida a dez, por expulsão de Kuzmanovic que cortou a bola com a mão na sua grande àrea. Penalty convertido por Gyan para explosão de alegria dos adeptos ganenses nas bancadas.

O primeiro jogo da Sérvia num Mundial, como nação totalmente independente, começou animado e com os ganenses ao ataque porém erravam o último passe e a pontaria estava desafinada com a baliza de Stojkovic. Perto da meia hora o Gana esteve perto de marcar por Gyan que chegou tarde para um cruzamento de Boatemi.

A Sérvia amaeçou e, numa jogada ensaiada, Pantelic apareceu livre pelo lado direito da área, mas não conseguiu dominar a bola. O principal jogador sérvio, Stankovic só deu o ar da sua graça aos 38 minutos quando rematou de fora da área para grande defesa de Kingson , em dois tempos.

No último bom lance antes do intervalo, Aywe, filho do ídolo ganês Abedi Pelé, cruzou na área e Tagoe chegou ligeiramente atrasado para marcar.

O segundo tempo começou igual ao primeiro, com Gana dominando e a procurar mais o golo do que os rivais. Com 15 minutos, vieram três delas, duas com Ayew, que primeiro rematou torto após aparecer sozinho na entrada da área e depois chegou atrasado a um bom cruzamento da esquerda. Na terceira oportunidade, Asamoah Gyan apareceu sozinho após uma lançamento lateral e cabeceou para a trave Sérvia.

Com a pressão das estrelas negras a Sérvia cometeu o primeiro erro, aconteceu aos 29 minutos, quando Lukovic viu o segundo cartão amarelo e deixou a sua equipa a jogar com dez. Por incrível que pareça, os sérvios até melhoraram no jogo, e Krasic perdeu uma boa oportunidade ao rematar à queima roupa para mais uma grande defesa de Kingson. Aos 36 minutos Ivanovic desceu em velocidade e rematou por cima da baliza de Kingson.

Aos 37 minutos, aconteceu o segundo erro da Sérvia, para cortar um cruamento na área Kuzmanovic usou a mão na bola e o árbitro argentino Hector Baldassi não teve dúvida: pênalti para o Gana.

O primeiro penalti do Mundial foi marcado por Gyan, que com categoria enganou Stojkovic que caiu para direita enquanto a jabulani entrava pelo centro da baliza para o 1-0, à passagem do minuto 38.

Com um jogador a menos, a Sérvia não teve forças para reagir e no final os ganenses fizeram a festa em Pretória.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!