Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
Publicidade

Serão melhorados cuidados sanitários na província central da Zambézia

Os cuidados sanitários na área da saúde materno-infantil terão uma capacidade de resposta mais célere e atempada na província central da Zambézia, mercê dum reforço, em meios circulantes, constituído por cinco ambulâncias novas, destinadas a reforçar o serviço.

O donativo, cujo valor da aquisição não foi revelado, é fruto da cooperação entre os governos de Moçambique e do Canadá, com auxílio das Nações Unidas através do FNUAP, que vai aliviar as necessidades em termos de meios para a evacuação de doentes na Zambézia.

O Ministro da Saúde, Alexandre Manguele, que recebeu, esta segunda-feira, o donativo do Alto-Comissário do Canadá, acreditado no país, Alain Latulippe, disse, em Maputo, que as novas ambulâncias têm um contributo específico, pois vão minorar as dificuldades do sector a nível da província.

“O sector da saúde debate- se ainda com muitos problemas e um gesto semelhante a este tem, sem dúvida, um valor imensurável na redução dos obstáculos à melhoria do atendimento que se pretende”, disse Manguele.

A província da Zambézia, a segunda mais populosa do país e territorialmente vasta, tem ainda uma fraca rede de unidades sanitárias, muitas vezes sem as devidas condições, situação que pressupõe a necessidade de deslocar doentes para os centros mais apetrechados.

A mortalidade materno-infantil conheceu, nos últimos anos, uma redução assinalável de 201 mortos por cada mil nados vivos em 1997 para 97 em 2009, decréscimo que constitui cerca de 50 por cento das mortes, visto que está em estreita consonância com os objectivos Quatro e Cinco dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM).

Alain Latulippe disse, por seu turno, que a cooperação neste domínio é de longa data e espera que as ambulâncias contribuam para reduzir as longas horas de tempo que as mulheres e as respectivas crianças levam a percorrer até chegar a uma unidade sanitária.

Na cerimónia de entrega das cinco novas ambulâncias, além do titular da pasta da saúde, foi igualmente testemunhada por representantes dos parceiros de cooperação na pessoa do alto-comissário canadiano, a representante do FNUAP e quadros do ministério.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!