Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Senegal “retomará” bases militares francesas à meia-noite, diz presidente

O presidente senegalês, Abdulaye Wade, anunciou na noite deste sábado, em discurso por ocasião do 50º aniversário da independência que o seu país retomará “a partir de hoje, 4 de abril, à 00H00 (de domingo, hora local) todas as bases (militares) ocupadas anteriormente pela França e entende exercer sua soberania”.

“Declaro solenemente que o Senegal retomará o controle a partir de hoje, 4 de abril, à 00H00, de todas as bases (militares) no nosso território ocupadas anteriormente pela França e entende exercer sua soberania, que repousa na presente declaração”, disse.

Wade expressava-se em um discurso comemorativo dos cinquenta anos da independência desta antiga colônia francesa, conquistada em 4 de abril de 1960. O porta-voz da Presidência senegalesa havia antecipado a medida em fevereiro, após uma breve visita ao Senegal do ministro da Defesa francês, Hervé Morin. “Quanto aos detalhes da retomada dessas bases, peço ao primeiro-ministro e ao chefe do Estado Maior que iniciem as conversas com a parte francesa”, declarou Wade.

As “relações históricas que têm sua base na história, na língua e em certos valores comuns fundamentais nos conduzem a construir com a França um novo espaço de cooperação”, completou. Essa ex-colônia francesa do Oeste da África tem em seu território uma das três bases permanentes do exército francês na África, que inclui destacamentos das três Forças Armadas.

França e Senegal firmaram um acordo de defesa em 1974 e em torno de 1.200 soldados franceses foram mobilizados nesse país. O ministério da Defesa francês tinha confirmado que Paris pretendia fechar suas bases militares no Senegal, mas que estudava conservar um “pólo de cooperação militar regional”. No final de fevereiro, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, anunciou que apenas 300 soldados ficariam no Senegal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!