Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Senador dos EUA congratula projecto de restauração do Parque da Gorongosa

O Senador norteamericano, Bill Nelson, congratulou a equipa do Projecto de Restauração do Parque Nacional da Gorongosa (PNG) pelo sucesso da restauração e do repovoamento de animais no âmbito do desígnio que visa restituir a esta área de conservação a sua antiga glória.

Bill Nelson, Senador pelo Estado da Florida, fez este reconhecimento na ultima quarta-feira no final da sua primeira viagem de meio dia ao Parque, no contexto do cumprimento da sua missão de visita a Moçambique. O membro do Senado nortemericano foi recebido pelos membros seniores da Equipa de Gestão e do Comité de Supervisão do Projecto de Restauração do PNG, cerca do meio-dia local, no acampamento turístico de Chitengo.

Os aspectos da reconstrução das infra-estruturas, reintrodução e recuperação da fauna bravia, incluindo iniciativas do desenvolvimento sócioeconómico comunitário à volta da zona tampão, foram apresentados informalmente ao ilustre visitante pelo representante do Governo no Comité de Supervisão do PNG, Bernardo Beca Jofrisse, com o intuito de lhe facultar informação sobre as acções de restauração do Parque pós-guerra civil. Paralelamente, assistiu transversalmente à sessão do documentário “Africa’s Lost Eden”, vencedor absoluto do Festival de Filmes de Turismo de Berlim 2010 e de 4 Prémios do International Wildlife Film Festival.

Bill Nelson deixou gravado no livro dos visitantes do Parque as palavras “Thank you for helping mother nature restore herself in all of her God given beauty” (Obrigado por ajudarem a Mãe- Natureza a restaurar-se com toda a beleza que Deus lhe deu). Ainda no PNG, o Senador e sua comitiva de cinco elementos, entre os quais Todd Amani, o director da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID)/Moçambique, visitaram algumas infra-estruturas e grandes obras em curso financiadas em parte pela USAID-Biodiversity. Neste âmbito, deslocou-se ao Santuário da Fauna Bravia e ao Centro de Educação Comunitária (CEC). No primeiro local recebeu do respectivo gestor, Justino Davane, informação sucinta sobre os objectivos da implantação de infra-estruturas e das actividades em curso.

O Santuário de Fauna Bravia de aproximadamente 6.000 hectares e com 36 km de perímetro, vedado com uma rede electrificada, protege os animais reintroduzidos dos seus predadores naturais e dos caçadores furtivos que continuam ainda muito activos no Parque. No CEC, cujas obras da primeira fase estão praticamente concluídas, o Senador foi recebido pelo gestor do Departamento das Operações, Scott Kipp, que fez o resumo do projecto arquitectónico do empreendimento desenhado em estreito respeito às questões ambientais actuais.

Scott Kipp explicou que o objectivo principal é formação dos líderes comunitários e de demais pessoas locais para minimizar os problemas de caça furtiva e queimadas descontroladas no Parque e a degradação do meio ambiente em geral, ou seja, a construção consistente e continuada de uma formação que realce a relevância da sustentabilidade através do desenvolvimento sócio-ambiental. Bill Nelson sobrevoou a bordo de um helicóptero a Serra da Gorongosa para ver ao vivo o impacto ecológico da acção predatória do Homem naquela cadeia montanhosa, caracterizado pela destruição da floresta virgem para finalidades agrícolas.

Por outro lado, pode também testemunhar o trabalho do Programa Florestal do PNG que consiste no plantio de novas árvores nativas em áreas críticas que sofreram o desmatamento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!