Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Seis pessoas detidas por ataques contra quartéis do Exército líbio

As forças de segurança líbias detiveram seis pessoas suspeitas de estarem implicadas no ataque de Sábado contra quartéis do Exército líbio em Benghazi, no leste do país.

Três das seis pessoas actualmente em detenção em Benghazi seriam membros da «Jamaa Ansar al-Charia» ou «apoiantes da lei islâmica», enquanto os outros são elementos das milícias «Escudo da Líbia».

O porta-voz oficial do Ministério da Defesa, Adel al-Barrissi, advertiu, este fim de semana, que «qualquer ataque contra o Exército líbio será objecto de riposta, sem fraqueza, pelas armas».

Sábado último, confrontos opuseram as forças de intervenção rápida do Exército a um grupo armado em Benghazi, na sequência dum ataque perpetrado contra vários comandos e casernas do Exército na cidade.

Uma semana antes, confrontos entre manifestantes que pediam a limpeza da cidade das armas e dos elementos da unidade militar composta por ex-rebeldes fizeram 31 mortos e vários feridos em Benghazi.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!