Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sede da Imprensa Nacional destruída

A actual sede da Imprensa Nacional de Moçambique deverá ser demolida por forma a que, no local onde esta funciona, seja erguido o futuro edifício mais alto de Moçambique e a designarse Maputo Business Towers. Ao que consta, a futura “torre” deverá ter 41 andares (145,2 metros de altura), numa clara “afronta” ao seu edifício vizinho, o vulgo 33 andares, mesmo ao lado.

O Maputo Business Tower, a situar-se defronte do Hotel Tivoli, na Avenida 25 de Setembro, é um investimento de uma coligação de empreendedores norte-americanos e brasileiros que albergará escritórios, alojamentos, restaurantes, ginásios, entre outros, cujos arrendamentos deverão custar cerca de 2500 USD e reforçar o estatuto da capital moçambicana como das mais pujantes urbes em termos de actividade económicofinanceira.

Estranhamente, fonte do Centro de Promoção de Investimentos (CPI) disse não possuir nenhuma informação sobre este suposto mega-empreendimento já com maquetas e tudo a circular na Internet (um dos ângulos aqui inserido). Igualmente os responsáveis da sede da histórica Imprensa Nacional manifestaram- se “espantados e surpresos” quando a nossa Reportagem lhes abordou sobre a hipotética “revolução” em perspectiva naquele local.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!