Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sector mineiro: Japão oferece formação de quadros

O Governo japonês manifestou, quarta-feira, em Maputo, a sua prontidão em apoiar Moçambique na formação de quadros na área mineira.

Essa disponibilidade foi anunciada pelo Embaixador nipónico em Moçambique, Susumo Segawa, falando durante a segunda conferência internacional sobre o carvão que decorre em Maputo desde Terça-feira última.

“Nós, no Japão, não temos muitos recursos, mas apostamos muito na formação. Por isso, temos muitos quadros nesta área e podemos colaborar com Moçambique nesta área de formação de quadros”, disse o diplomata.

Após a intervenção da ministra dos Recursos Naturais, Esperança Bias, durante esta conferência, o Embaixador japonês perguntou sobre o impacto da exploração do carvão de Moçambique no desenvolvimento socioeconómico, o envolvimento de pequenas e médias empresas nessa área bem como o nível da formação de quadros ligados a este ramo.

Sobre a formação de quadros, a ministra explicou que, no ano passado, o Governo aprovou o Plano Estratégico do sector que estabelece as necessidades do país nesta área em termos de profissionais.

Este plano estabelece a necessidade de formação de cerca de 4.500 moçambicanos na área mineira, incluindo geólogos, serralheiros, entre outros, nos próximos 10 anos.

“Acreditamos que é mais fácil formar as pessoas no país, do que enviarmos para o estrangeiro, com vantagens tanto em termos de qualidade como na abrangência do maior número de pessoas”, disse Bias, acrescentando que “para isso, contamos com o financiamento do Governo, mas estamos abertos a mais apoios”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!