Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Rússia recusa fiança a 2 britânicos detidos por protesto do Greenpeace

Os dois britânicos detidos na Rússia devido a um protesto do Greenpeace foram mantidos em prisão preventiva, esta sexta-feira (11), a primeira derrota para os estrangeiros, incluindo uma brasileira, entre as 30 pessoas detidas que solicitam o direito a fiança.

O cinegrafista freelancer Kieron Bryan e o activista do Greenpeace Phillip Ball, acusados de pirataria como todos, haviam apresentado recurso contra a decisão de prisão até o final de Novembro. A corte na cidade portuária de Murmansk, norte da Rússia, já havia negado fiança a quatro russos presos durante o protesto a 18 de Setembro, no qual um barco do Greenpeace foi abordado por forças de segurança quando os activistas tentavam escalar uma plataforma de petróleo de propriedade da Gazprom no Ácrtico.

Os investigadores disseram que acusações adicionais seriam feitas contra alguns dos detidos depois de as buscas no barco encontrarem drogas e outros artigos suspeitos. O Greenpeace nega que houvesse artigos ilegais a bordo. O presidente Vladimir Putin já afirmou que os activistas não são piratas, mas haviam violado a lei internacional.

O chefe do órgão de direitos humanos do Kremlin disse que pediria aos promotores para retirar as acusações de pirataria. Na quinta-feira, a presidente Dilma Rousseff, por meio da sua conta no Twitter, disse ter determinado ao Ministério das Relações Exteriores para iniciar contactos de “alto nível” com o governo russo em busca de uma solução para a brasileira Ana Paula Maciel, que está entre os detidos.

O Greenpeace diz que o protesto foi pacífico e que as acusações de pirataria são absurdas e infundadas. Além de Brasil, entre os detidos há cidadãos da Argentina, Austrália, Canadá, Dinamarca, EUA, França, Holanda, Itália, Nova Zelândia, Suíça e Turquia, informou a Greenpeace.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!