Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ronaldinho considera-se o “líder” do Ac Milão

O brasileiro Ronaldinho, do AC Milão, declarou em entrevista publicada este sábado no jornal La Gazzeta dello Sport que considera-se “o líder” do clube italiano após a saída de seu compatriota, Kaká.

“Eu tornei-me naturalmente o líder desta equipe”, disse ao jornal italiano, acrescentando que sente a confiança de seus colegas e do clube depois que o Real Madrid, da Liga espanhola, contratou Kaká por valor recorde de 65 milhões de euros. “As responsabilidades são somente uma consequência e é um prazer, e em caso algum uma preocupação”, disse a estrela brasileira sobre as exigências de sua liderança no Milão.

Depois de ter realizado um bom começo na temporada 2008-2009, sua primeira no clube milanês, o rendimento de Ronaldinho caiu sensivelmente. Na temporada passada, o atacante perdeu importância no ataque do clube italiano pois o treinador na temporada 2008/2009, o italiano Carlo Ancelotti, atual técnico do Chelsea inglês, preferia o trio formado por Kaká, pelo também brasileiro Pato e pelo italiano Filippo Inzaghi.

“No ano passado comecei bem, mas as coisas mudaram porque lesione-me e Ancelotti deixou de pôr-me a para jogar”, considerou Ronaldinho. “Agora quero fazer uma grande temporada, da primeira partida até a última”, afirmou antes de indicar seus objetivos para a campanha 2009-2010. “Minhas metas estão crescendo, como as do Milão. Ano passado, a meta era a classificacão para a Champions League, agora queremos vencê-la”, afirmou.

Aos 28 anos, o astro brasileiro tenta voltar à boa forma física com a qual se consagrou como melhor jogador da Fifa em 2004, conquistando também, no ano seguinte, a Bola de Ouro. “Sinto-me bem e estou muito comprometido e motivado. Perdi alguns quilos e estou perto do meu peso de quando jogava no Barcelona”, ressaltou antes de deixar claro que está feliz no Milão.

“Em relação à temporada passada, estou mais bem adaptado à vida na Itália, ao idioma, ao modo de vida e às amizades. Estou feliz aqui”, revelou.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!