Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Rio Zambeze pode ser via alternativa para escoar carvão de Tete

O director-executivo da multinacional do sector mineiro Rio Tinto, Doug Ritchie, apontou o Rio Zambeze, localizado no Centro de Moçambique, como rota alternativa ao escoamento do carvão que explora na província moçambicana de Tete.

Doug Ritchie realçou a aposta da Rio Tinto na exploração do carvão moçambicano, quando falava durante uma visita do Presidente moçambicano, Armando Guebuza, às instalações da empresa em Karatha, na Austrália, à margem da sua participação na Cimeira da Commonwealth.

O director-executivo da Rio Tinto defendeu o escoamento de carvão através do Rio Zambeze, com o recurso a barcaças até ao Porto de Chinde, na província da Zambézia, Centro de Moçambique, como alternativa à linha férrea de Sena, na província de Sofala, também no Centro do país.

“Recursos carboníferos de milhares de milhões de toneladas estão a ser desenvolvidos pela Rio Tinto, Vale, entre outras empresas. São necessários investimentos massivos em infra-estruturas para realizar níveis de produção significativos”, sublinhou Doug Ritchie.

A utilização do Rio Zambeze para o transporte do carvão de Tete, província com reservas de carvão cotadas entre as maiores do mundo, tem sido posta em causa por organizações de defesa do ambiente, devido a receios de degradação do ecossistema, fundamental para a sobrevivência das populações do Centro e Norte de Moçambique.

Ensaios de navegabilidade do rio realizados no ano passado pelo Malaui, um país vizinho de Moçambique sem acesso directo ao mar, provocaram tensões entre os governos dos dois países, porque Maputo determinou o condicionamento da navegação do rio por navios de grande calado a estudos de viabilidade ambiental.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!