Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ribaué vai ser urbanizada

A vila de Ribáuè, recentemente elevada à categoria de município, vai ainda este mês beneficiar de obras de reordenação territorial em todos os bairros através de fundos do governo central. Para o efeito, o Conselho Municipal dispõe de mais de dois milhões de meticais, valor que servirá para a indemnização de cerca de 10 mil famílias abrangidas pelo processo.

Falando ao nosso jornal, Constantino António, presidente do Conselho Municipal de Ribáuè, disse que, neste momento, decorre o trabalho de atribuição de novos talhões às famílias que serão evacuadas das suas residências, para a abertura de ruas nos bairros periféricos daquela vila municipal. E deu a conhecer que a primeira fase do processo abrange apenas três bairros, nomeadamente Murrapania, Molipiha e Muhiliale, considerados como sendo os que apresentam maiores problemas de ordenamento territorial.

O edil de Ribáuè acrescentou, por outro lado, que, para além da reordenação dos três bairros daquela vila, serão, igualmente, reabilitadas duas vias de acesso ligando à escola secundária local, assim como ao Instituto Agrário. Num outro desenvolvimento, o nosso entrevistado disse que a indisponibilidade imediata de fundos pode comprometer os planos projectados para este ano naquele município, muito particularmente a reabilitação das duas vias de acesso que ligam a vila aos dois grandes estabelecimentos de ensino que Ribáuè possui.

De acordo com a fonte, o município necessita de 1.5 milhões de meticais para fazer face à reabilitação das duas vias de extrema importância académica da vila, assim como do distrito em geral. Entretanto, a vila de Ribáuè, registou, nos últimos dois anos, graves problemas de intransitabilidade das suas vias que ligam ao resto dos bairros, em consequência da construção desordenada de casas, o que dificulta a circulação normal de viaturas.

Refira-se que o programa de reestruturação da vila tem a duração de seis meses, a contar do próximo dia 15.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!