Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Residentes de Cheringoma clamam por empregos e bancos

A população do distrito de Cheringoma, na província central de Sofala, pediu ao Presidente da República, Armando Guebuza, para que faça o que puder para persuadir os banqueiros activos em Moçambique a abrir balcões naquele rico distrito da província central de Sofala.

O apelo foi lançado esta quarta-feira ao Presidente moçambicano no decurso de um comício ali realizado no quadro da “Presidência Aberta e Inclusiva” e que termina quinta-feira, prosseguindo a mesma iniciativa na Zambézia, também Centro de Moçambique, com o distrito interior de Mopeia como primeira escala.

Alguns dos participantes ao comício de Cheringoma pediram igualmente ao Presidente da República para ajudar nos esforços da reactivação de diversos empreendimentos económicos locais entretanto paralisados, entre os quais 36 serrações, cujo estágio precipitou vários residentes ao desemprego.

Armando Guebuza disse que tudo fará para ajudar a “namorar” o empresariado que opera na área bancária e não só a responder ao pedido da população de Cheringoma.

Tal como em momentos anteriores, Guebuza colocou acento tónico na questão da paz, repetindo que a sua ausência apenas destrói e retarda o desenvolvimento, reiterando a necessidade de tudo se fazer para a sua manutenção em Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!