Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Rescaldo do segundo dia da campanha

Os actos de violência e uso de meios do estado, no segundo dia da campanha eleitoral, ainda continuam nalguns pontos do país, informações recolhidas dos nossos correspondentes e jornalistas espalhados por todo o país dão conta dos seguintes acontecimentos:

Violência

Frelimo condena violência: A Frelimo respondeu a relatos sobre violência da parte de jovens seus apoiantes declarando num pronunciamento de 14 Setembro. “A Frelimo distancia-se da violência, repudia e condena veemente todos os actos que atentam contra a lei e a ordem pública.” A Frelimo é um “partido maduro e responsável“ e prossegue dizendo que todos os militantes devem pautar pelo civismo, porque a disciplina, a paz, a democracia, a tolerância e a legalidade são valores intrínsecos da Frelimo.

Gondola, Manica: um grupo de jovens empunhando bandeiras da Frelimo arremessou pedras contra membros do partido Renamo, na tarde de 14 de Setembro, causando perturbações á campanha eleitorais daquela formação política.

Mabalane, Gaza: O grupo de Choque do partido Frelimo, invadiu a casa de um membro da Renamo de nome Jaime, na zona 3, apropriaram-se do material de propaganda eleitoral da Renamo, posteriormente queimou-o na sede do partido no poder.

 

Uso de meios de estado

Cidade de Maputo: a Frelimo, afixou no dia 14 de Setembro panfletos do seu partido e candidato na praça da OMM, sobre os sinais de trânsito, complicando desta forma o trânsito.

Morrumbala, Zambézia: a Frelimo afixou na manhã do dia 14 de Setembro, panfletos do seu partido e candidato nos armazéns da escola Pré Universitária 4 de Outubro, nas instalações da Administração do Distrito, na Escola industrial e no Hospital rural.

Beira, Sofala: embora até ao segundo dia da campanha eleitoral, não haja indícios de violência patente, o desfile da Frelimo, no bairro Chipangara, no dia 13 de Setembro, foi manchado pela presença de milhares de crianças.

Cidade de Tete: a Frelimo usou uma viatura Toyota Hilax de cor branca MLI 79-89, pertencente a Direcção Provincial de Agricultura e uma viatura pertencente a direcção provincial de Educação e Cultura, cuja matrícula foi substituída por panfletos.

 

Incidente

Chiure, Cabo Delgado : Um camião que transportava simpatizantes do MDM no 2 dia da campanha quando se deslocava para o posto administrativo de Catapwa, despistou e embateu-se a um poste. Na sequência disso houve 3 feridos dos quais 2 em estado grave.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!