Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Renamo reforça brigadas em Tete

A Renamo, maior partido da oposição em Moçambique, promete intensificar os contactos porta-a-porta e interpessoal para garantir que o eleitorado “não tenha dúvidas sobre o seu manifesto e assegurar a vitória” nas eleições presidenciais, legislativas e para assembleias provinciais marcadas para 28 de Outubro próximo.

 Para o efeito, esta força política da oposição está, nesta segunda fase, a duplicar as brigadas que, todos os dias, debaixo do sol fulminante característico da cidade de Tete nesta altura do ano, trilham os vários caminhos dos bairros levando, de casa em casa, a mensagem que a “perdiz” tem para os moçambicanos em caso de vitória.

As brigadas, constituídas por 12 militantes, duplicaram este efectivo com intuito de abordar um número de famílias cada vez maior nos bairros onde têm estado a “caçar o voto”. Enquanto isso, a nível das comunidades, as brigadas, cujo número será também acrescido, apostam mais nos comícios populares. Vasco Moiana, chefe provincial dos serviços sociais da Renamo, que avalia positivamente o grau de cumprimento das actividades planeadas na primeira fase, disse haver uma elevada solicitação dos eleitores, tanto nas cidades quanto nas zonas rurais, para intensificar as suas acções de “caça ao voto”.

Porém, Moiana disse ser incapaz de afirmar categoricamente se todas as actividades delineadas para os distritos foram cumpridas na totalidade, uma vez há distritos com problemas de comunicações e os responsáveis àquele nível têm de recorrer aos distritos vizinhos para comunicar com as suas lideranças. No meio rural, o plano da Renamo preconizava a realização de tês comícios por dia que, terminada esta primeira fase da campanha, seria 39, mas não há ainda uma confirmação da realização total ou não destes comícios. Contudo, Moiana está optimista em relação ao cumprimento de todas as metas planificadas ate ao final da campanha, assim como da “vitória da perdiz” nas eleições de 28 de Outubro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!