Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Renamo anuncia marchas em Moçambique para contestar resultados das eleições Gerais

O partido Renamo anunciou a realização de “marchas políticas” em todo Moçambique contra os resultados das eleições gerais de 15 de outubro, vencidas pelo partido Frelimo, considerando-as “as mais fraudulentas da história”.

“Estamos conscientes de que não existem caminhos fáceis para se alcançar a justiça e estamos hoje a iniciar, em todo o país, a marcha política tendente a resgatar a justiça eleitoral que o próprio Conselho Constitucional nos negou”, disse Arlindo Bila, delegado político da Renamo (Resistência Nacional Moçambicana) na cidade de Maputo, perante centenas de militantes da organização.

Bila afirmou que Filipe Nyusi, proclamado Presidente da República no dia 30 de dezembro pelo Conselho Constitucional (CC), não tem legitimidade para formar Governo, alegadamente porque ganhou num processo eleitoral viciado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!