Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Regulação das águas argentinas é um assunto argentino

A regulação das águas territoriais da Argentina é um assunto que cabe a esse país, indicou esta terça-feira o Ministério britânico das Relações Exteriores, após o decreto que obrigará os barcos que as atravessam a pedir autorização. “As normas que regem as águas territoriais argentinas são assunto das autoridades argentinas”, declarou um porta-voz do Foreign Office em Londres.

“Isso não afeta as águas territoriais das Falklands (nome dado pelos britânicos às Malvinas), que são controladas pelas autoridades da ilha”, acrescentou. O chefe de Gabinete argentino, Aníbal Fernández, anunciou algumas horas antes que os barcos que quiserem atravessar águas argentinas em direção às Malvinas terão que pedir autorização Argentina, país que disputa a soberania das ilhas com a Grã-Bretanha, segundo um decreto assinado pela presidente Cristina Kirchner.

A medida argentina é uma resposta à autorização dada pela Grã-Bretanha para o início da exploração de petróleo na bacia das Malvinas, ocupadas pelos britânicos desde 1833 e que causaram uma guerra entre os dois países em 1982. O potencial petrolífero das Malvinas é um dos pontos de maior atrito na disputa pela soberania das ilhas entre Buenos Aires e Londres.

O Ministério das Relações Exteriores britânico insistiu nesta terça-feira na “relação próxima e produtiva” que ambos os países mantêm. “Argentina e Reino Unido são sócios importantes. Temos uma relação próxima e produtiva em uma variedade de temas bilaterais e multilaterais”, declarou o porta-voz.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!