Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Regressados de Bakassi processam Governo nigeriano por traição

Cidadãos nigerianos repatriados da península de Bakassi, cedida aos Camarões, intentaram uma ação judicial contra o Governo Federal da Nigéria de quem exigem 30 biliões de nairas (cerca de 200 milhões de dólares americanos) de indemnizações pela “traição” que conduziu à perda da terra dos seus antepassados.

A península de Bakassi foi entregue aos Camarões pelo Tribunal Internacional de Justiça de Haia, apoiado pelo Acordo de Greentree, assinado em 2006. Na sua petição, os regressados de Bakassi citam como responsáveis o Governo Federal da Nigéria, o procurador-geral do Estado Federal, a Assembleia Nacional, o Estado de Cross Rivers, os governos estaduais de Akwa Ibom e a Comissão Eleitoral Nacional Independente.

Os queixosos esperam obter, entre outros, uma declaração de que os acusados agiram de modo “ultrajante, irracional, atroz e abusivo” na sua gestão da questão da cedência da península de Bakassi. Eles exigem 20 biliões de nairas de indemnização por danos gerais e 10 biliões de nairas por danos exemplares.

O juiz Mohammed Abubakar fixou a audiência deste caso para 6 de março de 2013.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!