Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Registado um óbito e 25 feridos em acidentes de viação na capital moçambicana

Uma pessoa morreu e outras 25 contraíram lesões, seis das quais em estado grave, devido a seis acidentes de viação ocorrido entre 16 e 22 de Janeiro em curso, na cidade de Maputo.

Destes sinistros quatro dos quais consistiram em atropelamentos do tipo carro/peão e dois em despistes e capotamento. O excesso de velocidade voltou a ser uma das causas. Em igual período do ano passado houve sete sinistros que deixaram três óbitos.

Associação Moçambicana para as Vítimas de Insegurança Rodoviária (AMVIRO) disse, esta segunda-feira (23), que em cada 100 acidentes de viação pelo menos 18 a 20 crianças com idade compreendidas entre seis e 10 anos perdem a vida no país.

Os dados foram revelados no lançamento de uma campanha denominada “Não atropele o Futuro de Moçambique”, visando consciencializar a sociedade, sobretudo os condutores, sobre o mal que os acidentes de viação representam.

Ainda na semana finda, a Polícia deteve 69 indivíduos acusados de prática de vários crimes e desmantelou seis quadrilhas, quatro das quais consumiam e vendiam estupefacientes nos bairros de Maxaquene, Polana Caniço “C” e Mafalala.

As outras duas gangues, compostas por seis elementos, dedicavam-se ao roubo de carros com recurso a chaves falsas, disse Orlando Mudumane, porta-voz do Comando da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Maputo. “Duas viaturas foram recuperadas e entregues aos proprietários”.

Num outro trabalho, a Polícia de Trânsito (PT) fiscalizou 2.892 carros, dos quais 31 foram apreendidas por diversas irregularidades e aplicadas 1.018 multas.

Na tentativa de impedir a condução sob o efeito de álcool, a corporação submeteu 665 automobilistas ao teste do bafómetro, tendo 212 acusado positivo. Por conta disso, 27 cartas foram apreendidas.

A Polícia considera que, no geral, de 16 a 22 de Janeiro corrente, a cidade de Maputo foi calma e ordeira e os locais propensos à criminalidade estiveram sob vigilância constante.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!