Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Recolhidos mais de 700 mil artefactos bélicos

Mais de 700 mil armas foram recolhidas das mãos de civis nos últimos 15 anos pelo Conselho Cristão de Moçambique (CCM), no âmbito da iniciativa Transformação de Armas em Enxadas (TAE), indicou esta terça-feira a organização.

Num balanço dos 15 anos da implementação do projecto TAE, o secretário-geral do CCM, que congrega confissões religiosas moçambicanas do ramo protestante, Marcos Macamo, afirmou que foram recuperadas “acima de 700 mil armas de diferentes calibres e uma quantidade de munições não especificada”. As armas e munições foram recolhidas maioritariamente nas províncias de Maputo e Inhambane, Sul de Moçambique, Sofala e Zambézia, no Centro, e Niassa, Norte.

Em troca da entrega voluntária de armas, o CCM distribuiu instrumentos de trabalho, como tractores, enxadas, charruas e bicicletas, e construiu infra-estruturas sociais, incluindo escolas e furos de água.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!