Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Alteração preço da DSTV

A Dstv agravou o preço do pacote que utilizo em cerca de dois dólares e sem prévia informação. Tive de pagar. A questão que coloco é a seguinte: a empresa pode agravar as tarifas e não informar os seus clientes?

A que se deve o agravamento: melhoria na prestação do serviço ou aumento do número de canais? Outro aspecto que me preocupa é o facto de os preços serem fixados em dólares, embora a taxa de câmbio oscile.

E quem marca a tal taxa é a própria empresa, recorrendo a critérios pouco claros. Existe uma lei que diz que os preços devem ser fixados em meticais. Será que a Dstv está a respeitar este dispositivo?

Resposta

Depois de termos encaminhado esta reclamação, a Dstv enviou-nos uma nota na qual responde a todas as questões colocadas pelo leitor e tomámos a liberdade de, dela, retirar o mais importante.

Razões do aumento dos preços

O aumento dos preços deve-se aos crescentes custos de entrada para o negócio, os quais incluem o aluguer do satélite, aquisição dos canais e os operacionais, salários, manutenção de infra-estruturas técnicas, e mais. A revisão dos preços é feita todos os anos, em Abril. A empresa nunca alterou as suas tarifas antes ou depois desse período.

Ao determinar o aumento do preço, a MultiChoice leva em conta diversos factores, incluindo o impacto sobre o assinante, a inflação actual, e melhorias que possam justificar o aumento, tais como o acréscimo do número de canais.

Mais, nem sempre o aumento de canais implica o aumento da tarifa. “Por exemplo, em Março introduzimos, gratuitamente, novos canais e a tarifa manteve-se. Nenhum cliente veio pedir para pagar a mais porque tinha mais canais”.

Fixação dos preços em dólares Vs Oscilação do câmbio

A Multichoice estabeleceu-se em Moçambique através do sistema de franchising. Existe uma empresa, que é a Tvsd, que é responsável pela entrega do serviço ao cliente (neste caso a Dstv) e que é a mesma que canaliza todos os recursos para a África do Sul.

Portanto, todas as operações que a Dstv efectua com os fornecedores dos serviços são feitas em dólares, daí a necessidade de fixar as tarifas também naquela moeda. Mas isso não afecta de modo algum o cliente, uma vez que a alteração das tarifas só é feita uma vez por ano, independentemente da oscilação do mercado cambial.

Em relação à aparente falta de comunicação descrita pelo leitor, a Dstv esclarece que todos os subscritores dos seus serviços são informados através das redes sociais e das mensagens de sistema, as quais são passadas por meio do descodificador.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!