Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Recenseados mais de um milhão de eleitores no país

O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) recenseou, em todas as 53 autarquias do país, 1.244.529 cidadãos, o que corresponde a 35,6% dos 3.5 milhões de eleitores previstos até ao fim do processo a 23 de Julho próximo.

O director-geral do STAE, Felisberto Naife, disse, esta quinta-feira (27), em Maputo, num balanço dos 30 dias de recenseamento, que o processo é satisfatório. Há províncias que apresentam uma elevada afluência de cidadãos, nomeadamente Gaza (54.69%), Inhambane (50.28%), Manica (45.36%), Tete (54.69%), Sofala (37.86%) e Maputo cidade e província com 39.14% e 30.46, respectivamente.

Na Zambézia, dos 376.685 eleitores previstos apenas 95.620 foram registados, o equivalente a 25.38%; Nampula inscreveu 140.449 (25.38%) cidadãos de um total de 553.410 previstos, Cabo Delgado já recenseou 63.801 (34.47%) eleitores dos 185.077 previstos e Niassa registou 53.162 (33.84%) de um total de 157.120 previstos em todo o processo.

Felisberto Naife afirmou igualmente que ultimamente o nível de afluência aos postos de recenseamento tem estado a aumentar, facto que levou o STAE a melhorar a supervisão do funcionamento das brigadas e o cumprimento dos horários de recenseamento. Enquanto isso, nos próximos dias vai ser reforçado o equipamento (toner e impressoras, por exemplo) para responder à demanda do processo, sobretudo nas províncias da Zambézia e de Nampula e na cidade de Maputo.

No que tange às novas autarquias, o nível de afluência de cidadão eleitores, nos primeiros sete dias do recenseamento, situa-se nos 22.82%, segundo Naife, para quem há preocupação em relação ao aumento de casos de dupla inscrição e uso de documentos falsos. Esta última situação deu-se somente na cidade da Beira e envolveu 35 pessoas.

Por sua vez, o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE), João Beirão, garantiu que a criação das comissões distritais de eleições está concluída nas 10 novas autarquias, o que poderá contribuir para a flexibilização do processo de supervisão do Recenseamento Eleitoral de Raiz e da capacitação dos intervenientes no processo.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!