Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Recenseados mais de 91 mil jovens em Moçambique

O Ministério da Defesa moçambicano recenseou, em Janeiro último, 91.566 jovens (53.86%), dos 170 mil previstos até finais de Fevereiro corrente. Do grupo inscrito, 63.243 são homens e 28.323 do sexo feminino.

Dados divulgados à Imprensa, na sexta- feira (06) passada, indicam que a província de Maputo supera as outras parcelas do país, tendo já inscrito 56% do total de 10.698 jovens de ambos os sexos, do que inicialmente estava previsto até ao fim do processo.

Edgar Cossa, director da Direcção Nacional de Recursos Humanos no Ministério da Defesa Nacional, disse que, apesar das calamidades naturais que fustigam Moçambique, em particular a zona centro, com maior incidência na província da Zambézia, o recenseamento militar está a decorrer sem sobressaltos.

Ele apelou aos jovens para que se recenseiem com vista a evitarem problemas quando tiverem de tratar de assuntos inerentes às suas vidas académicas e profissionais na Função Pública.

Segundo Edgar Cossa, para a realização de matrículas nas instituições do ensino superior público no país, por exemplo, é necessário estar-se inscrito. Porém, este processo não significa, automaticamente, a incorporação com vista ao cumprimento do serviço militar.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!