Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Receita da edilidade situa-se em 200 mil mt/mês

O município da vila de Alto Molócue na Zambézia, situa-se a cerca de 350 km de estrada, a partir da capital provincial, Quelimane. O mesmo foi instituído em 2008, quando o governo decidiu alargar e descentralizar mais o poder. Foi eleito um presidente do partido no poder e também uma assembleia cuja maioria é do partido Frelimo.

 

 

De lá para cá, a edilidade tem estado a desdobrar-se em resolver alguns do problemas que afligem os munícipes. Como por diversas vezes falamos neste diário, um dos grandes problemas com que os munícipes de Alto Molócue se debatem com ele é a falta de água potável.

Porém, a edilidade diz que tem em mente este e outros problemas, mas isso leva tempo, pior quando se tem pouco dinheiro tudo se complica.

Mas o que não se complica e deixa a edilidade sob liderança de Sertório Fernando é a maneira como os munícipes colaboram no pagamento das taxas municipais.

O edil Sertório diz que mensalmente a edilidade põe nos seus cofres mais de 200 mil meticais, provenientes das cobranças nos mercados, cobranças de taxas de circulação de meios circulantes como bicicletas, motos, etc.

Mesmo assim, a satisfação não é total, porque com tantos problemas como que a edilidade vive, este valor colectado não chega a resolver quase nada, dai que segundo aquilo que o edil disse numa entrevista ao nosso jornal, a meta de colecta de receitas planificada é de 300 mil meticais por mês.

Há esperança de alcançar esta meta Numa outra alusão, o Presidente da edilidade garantiu que esta meta de colectar 300 mil meticais por mês, será cumprida com a formação de uma forca municipal que vai acompanhar in-loco as acções daqueles que não querem pagar as taxas.

Na óptica de Sertório, os munícipes estão cada dia que passa sabendo das vantagens de pagar impostos, mas só que isso não chega é preciso explicar com detalhes e prestar contas aos munícipes, referiu o edil.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!