Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Rebelde de alto nível do Ruanda capitula voluntariamente

Um famoso comandante ruandês das Forças Democráticas para a Libertação do Ruanda (FDLR), grupo rebelde Hutu (tribo maioritária), e membro activo da rebelião há mais de 21 anos, capitulou voluntariamente, segundo um comunicado oficial divulgado quarta-feira em Kigali.

Trata-se do tenente-coronel, Désir Habamungu, que disse tomar consciência de que não há nenhuma possibilidade de tomar o poder pela força de armas no Ruanda, de acordo com um comunicado a Comissão de Desmobilização e Reintegração. Habamungu, que agia enquanto chefe de grupo de informações rebeldes, “exorta doravante outras mílicias das FDLR, escondidas ainda nas florestas do leste da República Democrática do Congo (RDC) a deporem as armas”, lê-se na nota.

Observadores em Kigali acreditam que a última rebelião na RDC, o M23, que causou o deslocamento de milhares de refugiados, forçou igualmente os rebeldes da FDLR a fugirem das suas bases, enquanto alguns foram constrangidos a capitular devido ao cerco em curso à volta dos seus esconderijos.

O grupo rebelde FDLR é composto por antigas milícias Interahamwe” (que combatem juntos) e por antigas ex-Forças Armadas do Ruanda (ex-FAR), responsáveis pelo genocídio ruandês de 1994 que fez mais de 800 mil mortos, maioritariamente Tutsi, tribo minoritária, e Hutu moderados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!