Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Rainha Elizabeth torna-se na monarca britânica há mais tempo no trono

A rainha Elizabeth, que subiu ao trono com apenas 25 anos quando o seu país lutava para se recuperar da devastação da Segunda Guerra Mundial, fará história nesta quarta-feira quando se tornará a monarca com o reinado mais longo da Grã-Bretanha.

Cerca das 17h30 locais, Elizabeth, que agora com 89 anos também é a monarca mais velha do país, vai ultrapassar os 63 anos, 7 meses, 2 dias, 16 horas e 23 minutos de reinado da sua tataravó, a rainha Victoria.

“Nos últimos 63 anos, Sua Majestade tem sido uma rocha de estabilidade em um mundo de constante mudança e seu sentido altruísta de serviço e dever ganhou admiração não só na Grã-Bretanha, mas em todo o mundo”, disse o primeiro-ministro britânico, David Cameron.

“É justo que… devemos comemorar seu recorde extraordinário, bem como a graça e a dignidade com que ela serve o nosso país”, acrescentou Cameron que quando nasceu, em 1966,  Elizabeth já era monarca há 14 anos.

“A primeira vez que ela viu (Cameron), ele interpretava um coelho numa produção da escola na qual o filho dela, o príncipe Edward, participava”, disse à Reuters o historiador real Hugo Vickers. “Ele é agora o homem de quem ela agora toma conselhos formais.”

Quando a rainha Elizabeth assumiu o trono britânico mais de seis décadas atrás, o seu primeiro-ministro era Winston Churchill, um homem que servira no Exército da sua trisavó, a rainha Victoria.

Nas últimas décadas, a família real foi de algo que o público só via em ocasiões oficiais à divulgação de fotos pelo Twitter e mesmo invasões nos selfies dos outros.

“Você nunca imaginaria no início do reinado que a rainha tomaria parte numa performance na qual ela parece pular de um helicóptero com James Bond”, afirmou o biógrafo real Robert Lacey, em referência à cerimónia de abertura da Olimpíada de 2012 em Londres.

Fontes próximas à rainha dizem que ela está bastante tranquila com a marca histórica, acreditando que representa pouco mais do que o facto de estar viva por um longo tempo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!