Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Quénia ordena evacuação de seus nacionais do Sudão do Sul

O Presidente queniano, Uhuru Kenyatta, ordenou às forças de defesa do seu país a evacuação imediata dos 1.600 compatriotas seus bloqueados no Sudão do Sul, palco de confrontos fratricidas.

Por ordem igualmente do chefe de Estado queniano, o Exército do Quénia iniciou, sábado  (21), operações de abastecimento do Sudão do Sul em alimentos, água e medicamentos, como contribuição para fazer face à urgência humanitária provocada pelos confrontos.

Os cidadãos quenianos, a serem evacuados por via aérea, estão maioritariamente na cidade de Bor, no Estado de Jonglei, mas vários outros residem nas cidades de Rumbek, Ayok e Panyabol, precisa o Presidente queniano.

Ele afirmou, por outro lado, que o seu país continua engajado ao lado do Governo do Sudão do Sul e de outros actores no conflito para restaurar a estabilidade deste país.

Para o efeito, uma delegação ministerial da Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento (IGAD), integrada pelo ministro queniano dos Negócios Estrangeiros, Mohamed Amina, iniciou uma mediação entre os beligerantes sul-sudaneses.

Os confrontos eclodiram, domingo último, entre unidades do Exército fiéis ao Presidente da República, Salva Kiir, e os partidários do ex-Vice-Presidente, Riek Machar, que tomaram posição na cidade de Bor para onde se dirige uma coluna do Exército sul-sudanês.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!