Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
ADVERTISEMENT

Queimadas descontroladas devastam ecossistema em Meconta

As queimadas descontroladas feitas pelas comunidades do distrito de Meconta, na província de Nampula, Norte de Moçambique, estão destruir o ecossistemas e urge encontrar medidas para conter o fenómeno, segundo os técnicos da Associação Nacional de Extensão Rural (AENA), que desde esta terça-feira (08) estão reunidos na Ilha de Moçambique para debater o problema.

Os técnicos do AENA vão debater também o estágio do projecto Forest Agriculture Programme Integrate Mozambique (FAPIM) por aquela agremiação. Abdul Jahapo, técnico do FAPIM, disse que a capacitação dos líderes comunitários sobre as queimadas descontroladas e seus efeitos nefastos para o meio ambiente pode ser uma das formas de evitar o problema.

Por seu turno, António Mutoua, director operativo da AENA, considerou que os técnicos da FAPIM devem estar preparados para sensibilizar as comunidades onde trabalham a evitarem queimadas que dado seu impacto sobre a natureza, este já não aguenta a pressão. “Por isso, os fenómenos naturais úteis à humanidade já não correm com regularidade como acontecia anteriormente”.

Refira-se que a AENA é uma organização da Sociedade Civil baseada na cidade de Nampula. As suas acções são também desenvolvidas nas províncias de Cabo Delgado e da Zambézia. Promover boas práticas agrícolas através da promoção da agricultura de conservação, advoga a exploração sustentável dos recursos naturais.

A sua visão é “ser em 2016 uma organização com capacidade institucional forte, modelo na prestação de serviços de extensão rural, competitiva e abrangente”, refere um comunicado enviado ao @Verdade.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!