Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Queda de avião deixa 44 mortos no norte da Rússia

Pelo menos 44 pessoas morreram quando um avião russo quebrou e pegou fogo durante a aterragem sob forte neblina no noroeste da Rússia, informou uma porta-voz do Ministério de Emergência na terça-feira (horário local). O avião Tupolev-134, com 43 passageiros e nove tripulantes a bordo, caiu a cerca de 1 quilômetro da pista do aeroporto Besovets, no subúrbio da cidade de Petrozavodsk, às 23h40 de segunda-feira.

“Informações preliminares indicam que 44 pessoas morreram. Oito estão no hospital”, disse a porta-voz por telefone, acrescentando que nove tripulantes estavam a bordo. Anteriormente, autoridades haviam dito que eram cinco tripulantes. Fotos no site de notícias www.lifenews.ru mostravam bombeiros a combater as chamas no meio dos destroços do avião, que caiu 700 quilômetros ao norte de Moscou. O site, que publicou a lista completa de passageiros, informou que um menino de 10 anos chamado Anton sobreviveu ao acidente, mas não deu detalhes sobre sua condição de saúde.

A queda aconteceu na véspera da feira Paris Air Show, na França, da qual o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, deverá participar. O avião, operado pela companhia aérea privada RusAir, havia decolado do aeroporto Domodedovo, em Moscovo. A companhia é especializada em voos fretados e não estava imediatamente disponível para comentar o caso. A maioria dos passageiros era russa, mas um sueco também estava a bordo da aeronave, segundo a agência de notícias Interfax.

O Tupolev-134 é um avião soviético e não havia informações sobre o ano em que o aparelho foi produzido. As caixas-pretas da aeronave foram recuperadas. O presidente russo, Dmitry Medvedev, que trocou o seu Tupolev por um jato executivo de fabricação francesa, criticou em abril as falhas nos aviões fabricados na Rússia e a segurança precária no país. Em abril do ano passado, o avião oficial Tupolev 154 do então presidente polonês, Lech Kaczynski, caiu perto do aeroporto Smolensk, no oeste da Rússia, matando 96 pessoas, incluindo Kaczynski, a sua mulher e um grande número de autoridades do governo da Polônia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!