Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Qualificação CAN 2015: Moçambique empata em noite de apagões no Zimpeto

Qualificação CAN 2015: Moçambique empata em noite de apagões no Zimpeto

Numa partida que iniciou com um atraso de 15 minutos devido a um corte de energia por parte da Electricidade de Moçambique, o que fez com que a primeira parte fosse disputada com recurso à energia eléctrica fornecida por gerador, a selecção moçambicana não foi além de um empate a uma bola no confronto com o Níger, a contar para a 2ª jornada de qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2015 em futebol.

João Chissano fez uma alteração na equipa que entrou de início em Ndola, com a entrada de Reginaldo no lugar de Momed Hagy, voltando ao habitual sistema de 4-3-3.

Os “Mambas” inauguraram o marcador à passagem do minuto três através de uma grande penalidade a castigar uma carga de Lancina sobre Dominguez, que se encarregou de cobrar com mestria para gáudio das mais de trinta mil pessoas que se fizeram ao Estádio Nacional de Zimpeto naquela noite.

Em vantagem, o combinado nacional ficou mais galvanizado, empurrando o seu rival para o seu sector mais recuado.

O Níger fez o primeiro remate à baliza de Ricardo Campos aos 15 minutos. Depois de uma falha monumental de Mexer, a bola sobra para Maazou que fez um centro-remate, mas o esférico passou a poucos centímetros da baliza moçambicana.

Mesmo com o Níger a jogar com o vento a seu favor, Moçambique era a formação que dominava em termos de posse bola. À passagem do minuto 23, Josimar, com um passe milimétrico, serve Dominguez, que se encontrava dentro da grande área, mas este rematou fraco para uma defesa segura de Daouda.

Diz o adágio popular que “quem não marca arrisca-se a sofrer”. Aos 25 minutos, os forasteiros chegaram ao golo do empate. Na sequência de uma falha de marcação por parte de Zainadine Júnior, Maazou cruzou para a linha da pequena área, Ricardo Campos viu a bola a cruzar a sua zona e Mohamad Ali, sem marcação, encostou e restabeleceu a igualdade.

Foi um balde de água fria para as hostes moçambicanas. Mesmo com o golo dos nigerinos, os “Mambas” não baixaram os braços, continuando com o seu jogo ofensivo.

À passagem do minuto 37, Miro, depois de um centro de Dominguez, ganha a bola na quina da área e cruza para a marca da grande penalidade, mas Daouda, com palmada, tira a bola da cabeça de Sonito que estava preparado para visar a baliza. Com o 1 a 1 foi-se ao intervalo.

Ineficácia castiga os “Mambas”

Jogando diante do seu público, os “Mambas” voltaram para a etapa complementar na mó de cima e, à passagem do minuto 47, Sonito rodopia sobre um defesa contrário e desfere um portentoso remate, mas a bola sai ao lado da baliza de Daouda.

Nesta etapa, o Níger limitou-se a defender para sair de Maputo com um ponto, o que acabou por espevitar o crescimento do combinado nacional. A equipa de João Chissano, apesar da avalanche ofensiva, era muito perdularia no último terço do terreno.

Aos 62 minutos, Sonito ganha uma sobra na quina da área e cruza para a marca da grande penalidade onde estava Simão, mas este não conseguiu acertar nas redes de Daouda.

Volvidos seis minutos, gritou-se golo no Estádio Nacional de Zimpeto, mas o árbitro anulou-o alegando que o dianteiro moçambicano se encontrava em posição irregular.

À passagem do minuto 73, Kito flecte pela direita e cruza para a linha da pequena área, onde estava Reginaldo que cabeceia para uma defesa milagrosa de Daouda, que segurou, assim, o empate que se verificou até o final do tempo regulamentar.

Ainda a contar para o grupo F, Cabo Verde derrotou a Zâmbia por 2 a 1 e isolou-se ainda mais na liderança, somando seis pontos, mais quatro que Moçambique, na segunda posição, enquanto a Zâmbia e o Níger seguem na terceira e quarta posição, respectivamente, com um ponto apenas.

Os “Tubarões Azuis” são os próximos adversários dos “Mambas”, na segunda semana de Outubro.

As duas primeiras de cada grupo e a melhor terceira equipa (todos os grupos) qualificam-se para a fase final do CAN previsto para 17 Janeiro a 8 de Fevereiro de 2015 no Marrocos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!