Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Revolução das batatas fritas” na Bélgica

A Bélgica bate um recorde mundial esta quinta-feira, dia em que completa 249 dias sem Governo. Em protesto, 30 organizações de estudantes convocaram uma manifestação a que chamaram “Revolução das Batatas Fritas”. O nome da revolução deve-se ao facto de as batatas fritas serem um dos ícones da gastronomia belga. O país está a ser governado por um Executivo provisório desde o dia 26 de Abril do ano passado, quando o rei Albert aceitou a renúncia do primeiro-ministro Yves Leterme.

Desde essa data que nenhuma formação política conseguiu alcançar a maioria necessária para governar sem coligação, nem os partidos com presença parlamentar foram capazes de chegar a um entendimento para formar um novo Governo.

Entretanto, esta quarta-feira, o rei belga prolongou o prazo de trabalho do mediador Didier Reynders por mais duas semanas. Reynders tenta resolver o impasse político instalado no país, que também atravessa uma crise financeira grave.

Agora, terá mais tempo para apresentar o ponto de situação das negociações com os partidos políticos para uma possível coligação.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!