Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga dos Campeões Europeus: Arshavin assegura triunfo do Arsenal sobre o FC Barcelona

Um golo do russo Andrei Arshavin garantiu esta quarta-feira ao Arsenal uma preciosa vantagem sobre o FC Barcelona nos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, no triunfo por 2-1 na primeira “mão”, em Londres.

No Estádio Emirates, o jogador russo entrou em campo na segunda parte e resolveu o encontro com um remate fulminante, a passe do espanhol Cesc Fabregas, aos 83 minutos. Antes, o FC Barcelona, que procura alcançar pelo quarto ano consecutivo os quartos de final da “Champions”, tinha-se colocado na frente por David Villa, aos 26 minutos, vantagem anulada pelo holandês Van Persie, aos 78, num lance com algumas responsabilidades para o guarda-redes Víctor Valdés.

A formação espanhola já não perdia um encontro na prova desde as meias finais da última temporada, na altura frente ao Inter de Milão, de José Mourinho, em Itália, por 3-1. Por seu lado, o Arsenal obteve uma pequena “vingança” sobre os catalães, que eliminaram os “gunners” nos “quartos” da época passada e venceram também os ingleses na final da “Champions” de 2005/2006.

Na capital italiana, a “armada” brasileira do Shakhtar Donestk foi mais forte do que a AS Roma e alcançou um importante triunfo, por 3-2. Num encontro arbitrado pelo português Olegário Benquerença, o médio Simone Perrotta ainda colocou os romanos em vantagem, aos 28 minutos, mas a equipa ucraniana praticamente resolveu a eliminatória ainda na primeira parte, com três golos “canarinhos”.

Jadson refez a igualdade, aos 29 minutos, Douglas Costa pôs os ucranianos em vantagem, aos 26, e Luiz Adriano gelou definitivamente o Estádio Olímpico de Roma, aos 41, num lance com muitas culpas para o defesa norueguês John Arne Riise.

Na segunda parte, o francês Jeremy Menez ainda reduziu para a AS Roma, com um excelente remate, aos 61 minutos, mas mesmo assim a formação italiana terá que vencer na Ucrânia e marcar no mínimo dois golos, sem sofrer nenhum. Os encontros da segunda “mão” estão agendados para 8 de Março.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!