Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Mel” do turco Semih Kaplanoglu leva o Urso de Ouro da 60a Berlinale

O Urso de Ouro do 60º Festival de Cinema de Berlim foi concedido, este sábado, ao filme turco “Mel”, retrato de uma criança iniciada nos mistérios da natureza por um pai apicultor, realizado pelo cineasta Semih Kaplanoglu, 46 anos.

O menino da história tem, também, um sonho premonitório sobre o desaparecimento de seu pai e a ameaça de um desastre ecológico. Kaplanoglu, um dos mais conhecidos diretores turcos, completa com “Mel” (Bal) uma trilogia autobiográfica começada com “Ovo” (Yumurta, 2007) à que se seguiu “Leite” (Sut, 2008), na qual explora a relação mística dos seres humanos com a natureza e seus desafios.

“Mel” foi rodado perto do Mar Negro, nas florestas do Cáucaso, onde o pai de Yussuf, interpretado por Bora Altas, busca as colmeias para recolher um mel escuro especial e curativo, exclusivo dessa região. O espectador é transportado a uma natureza forte e quase virgem, a bosques de árvores milenárias.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!