Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Diana” condenada a prisão perpétua

A jovem moçambicana Aldina dos Santos, mais conhecida por Diana, foi considerada esta terça-feira, por um tribunal de Pretória, capital política da África do Sul, culpada pelos crimes de tráfico, cárcere privado e exploração sexual de três menores e por conseguinte condenada a prisão perpétua.

 

A jovem moçambicana era acusada de traficar compatriotas suas para actos de exploração sexual num bordel, na zona de “Moreleta Park”, arredores de Pretória. Após as invetigações e julgamento, que duraram cerca de três anos, ficou-se a saber que as jovens traficadas foram mantidas em regime de cárcere privado onde eram obrigadas a manter diariamente relações sexuais com homens.

Os acontecimentos hediondos tiveram lugar entre 6 de Janeiro a 13 de Fevereiro de 2008, até que que um jurista moçambicano, Inácio Mussanhane, denunciou o caso às autoridades sul africanas o que veio a culminar com a libertação das vítimas e a detenção de Aldina, agora condenada.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!