Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Provável intoxicação mata 18 pessoas e deixa 14 internadas em Sofala

Pelos menos 18 pessoas perderam a vida, na terça-feira (19), e outras 14 estão sob cuidados médicos no Hospital Rural de Muanza, distrito com o mesmo nome, na província de Sofala. Não se sabe ao certo o que é que causou a tragédia, mas as autoridades sanitárias, que já se encontram no terreno a investigar, suspeitam que as vítimas consumiram água contaminada. Porém, a administradora local diz tratar-se de cólera que, estranhamente, num num só dia matou as vítimas em alusão.

A situação deu-se na localidade de Wirikidzi, a 130 quilómetros da vila sede. Chico Farnela, director provincial de Saúde de Sofala, disse que jornalistas que uma equipa da Saúde e outra da Polícia encontram-se no local de ocorrência para perceber o que passou.

“Informações iniciais que temos indicam que provavelmente houve consumo de água contaminada de uma fonte comum daquela zona pesqueira”, disse o dirigente, acrescentando que é possível que as mortes tenham a ver com o surto de diarreias que fustigam a cidade da Beira.

Outros três indivíduos, dos quais uma mulher, estão em tratamento médicos após serem agredidos por populares, supostamente por serem os culpados pela contaminação da água do poço. Chico Farnela disse ainda que a informação sobre as mortes foi recebida na terça-feira (19).

A equipa que averigua situação foi indicada pelo governo provincial. “O que sabemos é que na zona de Muanza vivem exclusivamente pescadores e 18 pessoas morreram”.

À Rádio Moçambique, a administradora do distrito de Muanza, Adimira Filimone, disse que se trata de cólera e os óbitos fazem parte de 31 casos da doença que deram entrada na unidade sanitária local. Outras 13 pessoas continuam internadas, mas estão fora de perigo. Chico Farnela fala de contaminação de uma fonte de água, Admira Filimone diz suspeitar que se trate de uma intoxicação alimentar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!