Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Projecta-se construção da segunda barragem no sul de Moçambique

O Governo moçambicano vai construir, futuramente, uma barragem sobre o rio Movene, a segunda depois da dos Pequenos Libombos. Terá o nome do local onde será erguida na localidade de Matsequenha, distrito da Namaacha, na província de Maputo.

A barragem de Movene ainda não tem datas para o seu arranque, nem orçamento. Aguarda-se pelo estudo de viabilidade. Porém, estima-se que vai ter uma capacidade de cerca de 50 milhões de metros cúbicos.

Segundo a Rádio Moçambique, o director-geral da Administração Regional de Águas do Sul (ARA-Sul), Belarmino Chivambo, visitou o local onde será implantada a referida infra-estrutura.

Disse que a barragem dos Pequenos Libombos não garantirá água suficiente a médio e longo prazo. Por isso, a barragem de Movene vai fornecer este precioso líquido não só à região de Maputo mas também ao parque industrial de Beluluane e à Matola-Gare.

A barragem de Movene vai minimizar o impacto das cheias, elevar a capacidade de armazenamento de água para a cidade de Maputo, viabilizar a produção de comida e produzir energia eléctrica.

O rio Movene é afluente do Umbelúzi. Este tem uma área cuja bacia é de 5,400 quilómetros quadrados, dos quais 40% se situam em Moçambique, 58% na Suazilândia e apenas 2% na África do Sul.

O rio principal tem dois afluentes significativos que são o Rio Mbuluzane, na Suazilândia e o Rio Movene, em Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!