Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

PRM aborta tentativa de venda de órgãos genitais por 180 mil meticais

A Polícia da República de Moçambique (PRM) abortou, semana passada, a venda de testículos extraídos de um menor de 11 anos de idade na cidade de Tete, segundo Pedro Cossa, porta-voz do Comando Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), salientando, entretanto, que a criança continua viva.

O crime foi cometido por dois indivíduos que pretendiam vender aqueles órgãos humanos a um suposto cliente de Tete, ao valor de 180 mil meticais, de acordo com o porta-voz do Comando Geral da PRM, salientando que a acção foi frustrada graças à denúncia de populares que presenciaram parte do crime e comunicaram à Polícia local.

O caso ocorreu no passado dia 7 de Maio e para a sua consumação a dupla abordou, inicialmente, o referido menor que se encontrava a vender ovos cozidos numa via pública da cidade de Tete.

Depois de consumir o produto e se recusado a pagar o valor correspondente, o menor decidiu, por ingenuidade, seguir os malfeitores para lhes cobrar o dinheiro não pago, explicou ainda Cossa, ajuntando que, de seguida, os criminosos molestaram a criança e extraíram-lhe os órgãos genitais.

Sem avançar mais pormenores sobre o assunto, Pedro Cossa acrescentou apenas que os malfeitores encontram-se já detidos e decorrem diligências no sentido de se apurar o suposto mandante do crime.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!